sexta-feira, 23 de outubro de 2009

E agora?

Eu não quero ter raiva dele, mas dizem que o amor se confunde com o odio.
Não posso fazer nada se eu não sou o que ele sempre quis, não é verdade?
Se eu não sou, mesmo com muito esforço da minha parte posso continuar não sendo.
Da raiva, vontade de gritar, de chorar.
Sabe quando você sabe que não foi feita para aquela pessoa?
Tem certeza que a qualquer momento pode terminar.
Quando vocês são incompativéis.
Pois é, assim que eu me sinto, apesar de todo o esforço que eu faço.
Nem peço ajuda, eu sei que conselhos são mudos quando não dizem nada daquilo que queremos ouvir.
E agora? Paciência acaba, não sei qual é a validade da minha.
Acho que vou continuar tentando ser, aquilo que ele gosta, mesmo muitas vezes não sendo eu.
Tá eu sei, isso é errado, mas quando a gente gosta...
Tá, eu também sei que isso não é desculpa,
mas quando a gente quer alguém muiito do nosso lado...
: /

conta?

Um comentário:

just a girl ! disse...

Ai, é tão complicado isso!
Mas eu acho que mesmo não sendo o certo, se você quer ele por perto de você, você tem que fazer coisas que ele gosta também;
Confesso que já mudei muito por causa de um cara. E sim, valeu a pena sim. Ñ me arrependo de nada, acho que mudei pra melhor até ;)

deesculpa a demora pra postar e responder, agora estou de volta :)

beijos :*